Agende e consulte com especialistas mais próximos de você

Destaques da revista

28/04/2016 16:00

Déficit de Atenção, Hiperatividade e Impulsividade. Isso pode ser TDAH!

Com a correria do dia a dia, é comum encontrar adultos e crianças que fazem várias atividades ao mesmo tempo, mas não conseguem se concentrar 100% em nenhuma delas. Encontramos também pessoas hiperativas e muito agitadas, porém, em alguns casos isso não é só o reflexo dos tempos modernos e sim uma doença.

O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é um transtorno neurobiológico, de causas genéticas, que aparece na infância e frequentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida. O TDAH não é um transtorno exclusivo da infância, ele também existe nos adultos.

Os principais sintomas das pessoas que possuem o TDAH, são o Déficit de Atenção, Hiperatividade e Impulsividade em excesso, ou seja, a criança ou adulto que tem esse problema pode ter algumas dificuldades como desatenção a detalhes e erros, dificuldade em sustentar a atenção, parece não ouvir, dificuldade com regras e tempo, desorganização, evita tarefas que demandam esforço mental, perde objetos, não automatiza tarefas do cotidiano, movimento excessivo do corpo durante postura, dificuldade em permanecer sentado, aceleração nas atividades, fala muito e se intromete nas conversas, responde antes de concluir a pergunta, dificuldade em esperar e interrompe inoportunamente.

Fatores de risco que podem levar a doença:

  • Nascer prematuro;
  • Nascer com baixo peso e muito pequeno;
  • Alterações esfincterianas;
  • Problemas de humor;
  • Problemas de relacionamento social no ambiente social.

O que caracteriza o TDAH? Sinais alvos:

  • Déficit de Atenção;
  • Impulsividade;
  • Hiperatividade;
  • Alta Labilidade Emocional;
  • Disfunção Executiva;
  • Desorganização Motora Espacial;

Problemas paralelos que podem aparecer no TDAH:

  • Disfunção do sono;
  • Disfunção na alimentação;
  • Distúrbio esfíncteres;
  • Dificuldade com memória sequencial;
  • Distúrbio da linguagem;
  • Dificuldade em relação a tempo e prazo;
  • Atrasos escolares.

Como saber se meu filho tem TDAH?

Muitas vezes os problemas desenvolvidos pelo TDAH podem ser confundidos com má criação, falta de limite ou birra. Porém, é preciso ficar atento aos sintomas e procurar um profissional que poderá ajudar no diagnóstico do problema.

O psicólogo irá realizar o diagnóstico fazendo anamnese com a família, anamnese com a escola, observação da criança na escola, conversando com outros profissionais da saúde que atendem a criança, avaliando neuropsicológicamente e avaliando fonoaudiológicamente.

Tratamento

 Após o diagnóstico, a criança ou adulto que possui o TDAH tem algumas opções de tratamento que aliviaram os sintomas causados pela doença. Os tratamentos são realizados com medicamentos, terapia, pedagogia e fonoaudiologia.


© Copyright 2011
Todos os direitos reservados

 

Fale Conosco

E-mail
meuguiadesaude@gmail.com

Telefones
(65)  98409-0021



Redes Sociais